Choupana Caffe

Novidade, Bares e Restaurantes

Mariana Correia de Barros fala-lhe sobre a nova padaria e pastelaria da Avenida da República.
O Choupana Caffe é um dos sítios com mais pinta que Lisboa viu nascer nos últimos tempos. E depois de assistir à abertura de portas deste café-padaria-pastelaria na Avenida da República em directo, ainda nos dá mais gozo divulgá-lo nestas páginas. É verdade, graças uma feliz coincidência de horários, a visita ao espaço foi marcada para a hora em que os plásticos pretos colados ao vidro que escondiam o interior foram arrancados, que os empregados impecavelmente fardados se alinharam atrás do balcão e que a vitrina ainda apresentava os tabuleiros de croissants, pastéis de nata, palmiers, pães com chouriço, pães de Deus e por aí fora, ainda recheados e acabados de sair do forno. E podemos dizer que a abertura correu sem incidentes visíveis.
 
O espaço pertence a Fernando Lúcio e à mulher, Ana Faustino, que, para o montar, andaram a viajar pelo mundo fora, à procura de inspiração. Passaram por Itália, Barcelona, Londres, Nova Iorque, Toronto durante os últimos três anos, sempre com o intuito de tirar ideias para o futuro Choupana Caffe – que nada tem de madeirense, “é apenas um sítio para nos refugiarmos”, diz Fernando. Os dois são donos de algumas pastelarias em Mafra, as Polo Norte e a Fradinho, por isso, o know-how de bolos e pães, já existia. “É tudo fabricado aqui.”
 
Das arrufadas aos croissants com chocolate, dos pastéis de nata (uma das especialidades da casa) aos jesuítas, do bolo de laranja ao pão de Mafra (certificado), dos bagels às focaccias, é tudo feito na casa. Com tanta oferta, resta frisar que pode passar lá para um pequeno-almoço, para almoçar uma sopa, uma pizza, uma salada, um hambúrguer, um bolo do caco com manteiga de alho, lanchar um bolo ou um salgado e ainda ser uma pessoa super-saudável, ignorar a doçaria toda e ir directamente ao balcão do iogurte. Onde? É um corner especial que só vende iogurte biológico, ao qual pode adicionar toppings diferentes (framboesas, mel, bolachas, chocolate, etc.). Mais um conceito nova-iorquino que cai bem em terras lusas.  
 
Choupana Caffe. Avenida da República, 25 A. 21 357 0140. Seg-Dom 07.00-20.00



 

Comentários

    Mário
    Espaço maravilhoso em todos os aspectos. Uma maravilha que nasceu em Lisboa. A apontar algo, seria o serviço que na minha opinião não acompanha a qualidade de tudo o resto.
    29-11-2013 22:37:00

    António
    O único ponto positivo que destaco é o facto de o espaço ser agradável. O serviço de mesa é muito mau: nenhum dos dois empregados disponíveis demonstrou qualquer interesse em sequer levar uma menu à mesa. Os pedidos e a entrega da comida na mesa foram feitos como se de um castigo se tratasse. Simpatia nula!! Quanto à qualidade da comida é média/boa, no entanto os preços praticados são desajustados à qualidade.
    23-11-2013 17:09:00

    ana_vistas@hotmail.com
    Um espaço mto bonito, com um bom serviço e boa qualidade nos seus produtos, desejo o maior sucesso ao Fernando e sua esposa, um grande lutador, Ana Vistas...
    29-09-2013 16:33:00

    Tânia

    29-09-2013 13:50:00

    Rita
    Gostei imenso do espaço, do atendimento e da qualidade da comida. A pessoa que nos atendeu foi extremamente simpática e atenciosa! Cinco estrelas :)
    25-06-2013 09:54:00

    Maria
    Infelizmente o serviço deixa muito a desejar, pelo menos ao fds. A casa cheia com apenas 2 empregados, ficámos 45 min. à espera de dois croissants e 2 galões. Uma segunda vez que lá fui pedi uma das sandes que veio com apenas 2 dos 5 ingredientes, um deles sendo alface que estava com bastante mau aspecto! O espaço é giro mas não estão de todos preparados para casa cheia.
    28-05-2013 19:33:00

    Paulo
    Lamentavelmente, esqueceram-se de construir uma rampa para cadeiras de rodas e carrinhos de bebé, já que o acesso ao café se faz necessariamente através de uma escada.
    13-03-2013 16:13:00

Insira o seu comentário






Captcha




© 2007 - 2014 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.